politica

Por um modelo de negócio mais justo, adequado e transparente para a comercialização de softwares.

Software é produto ou é serviço? Uma fábrica de softwares deveria pagar imposto por produtos industrializados, em vez do de comércio ou de serviços? Parece incrível que questões tão elementares como estas ainda causem tanta controvérsia. O fato é que, cerca de 20 anos de intensa popularização dos softwares ainda não foram suficientes para eliminar a estranheza com que a sociedade olha para esse produto que não pode ser visto, nem tocado. Dá para entender, portanto, que o comprador nutra certo sentimento de frustração em relação a ele.

Mas até que ponto essa frustração pode levar o cliente a crer que terá direito a assistência eterna e gratuita pelo preço da aquisição da licença, sem parar para pensar que isso inviabilizaria a existência de qualquer empresa?

E as controvérsias não param aí. Como devem, por exemplo, agir as empresas desenvolvedoras de softwares para se precaver da ação predadora dos piratas? Existe algum modo eficiente de fazer com que o bom cliente não se sinta suspeito de algo ilícito?

Abaixo você encontra um conjunto de conceitos, princípios, determinações e condições que adotamos, baseados em nossa própria experiência e também na prática do mercado como um todo. São orientações que, por sua transparência implícita, têm a intenção de conduzir um bom relacionamento com nossos clientes. Mas, ao mesmo tempo, é um conjunto em busca de novas ideias que o aprimorem.

  1. Comprar um software é força de expressão.  Como os programas de computador são protegidos pelo regime de propriedade intelectual (o mesmo conferido às obras literárias pela legislação de direitos autorais), o que se comercializa são as licenças de uso do programa, o qual continua pertencendo à nossa empresa. 
    1. Assim sendo, é vedada ao licenciado a comercialização (venda, aluguel, etc.), ou mesmo empréstimo e cópia do software, a não ser que tenha autorização expressa da Dimensions Software.
      1. Obs: dessa forma, mesmo quando a empresa licenciada é vendida a outra, o repasse do programa à empresa adquirente do patrimônio deve ser autorizado pela Dimensions, através de confirmação por escrito do responsável pela licenciada original.
    2. Também é proibido o uso do software para comercialização de suas soluções, de modo a torná-lo concorrente do próprio Corte Certo. Em outras palavras, o licenciado não pode oferecer cálculos de otimização de planos de cortes, na forma de serviços, não importando se com ou sem a sua marca exposta, de forma onerosa ou gratuita, operado pelo usuário final ou pelo que oferece os serviços, através de serviço on-line ou off-line.
      1. Exceções serão tratadas à parte por outro modelo de negócio, com preços diferenciados e com restrições que impeçam ou minimizem o canibalismo mercadológico.
    3. Não é permitida a instalação de uma mesma licença em outros computadores, nem a instalação em sistemas multiusuários.
      1. A cópia do programa só é autorizada para fins de salvaguarda (backup).
  1. Os programas são fornecidos “como estão”, ou seja, no estágio de desenvolvimento em que se encontram no momento da comercialização. Por isso, considera-se que o produto já esteja pronto e dentro das especificações aceitas pelo cliente.
    • Obs: softwares como os que comercializamos são produtos, pode-se dizer, “vivos”, em contínuo desenvolvimento. E não apenas para atenderem a novos requisitos do mercado, mas também por serem incessantemente colocados à prova em situações não previstas (que eventualmente poderiam revelar bugs) e ainda por estarem sujeitos às tecnologias que o afetam, como o sistema operacional ou os antivírus. Não é, portanto, exagero o dito de que um software nunca fica pronto.
  2. A exemplo do que ocorre com qualquer software, é impossível ao licenciador garantir que os produtos estarão livres de erros.
    1. Obs: especificamente no caso do Corte Certo, acreditamos que a principal base de sua qualificação está na sua aceitação (muitas vezes através da exaustiva comparação com grandes marcas concorrentes mundiais) por centenas de empresas dos mais variados ramos de atividades, espalhadas em mais de 40 países. Conta também o contínuo desenvolvimento do produto ao logo de cerca de 20 anos de existência.
  1. O licenciamento ou concessão de uso dos softwares pode ser fornecido pela Dimensions Software das seguintes formas:
    1. Em caráter permanente;
    2. Por tempo determinado
  2. Opcionalmente a empresa oferece também:
    • Serviços avulsos de cálculo de planos de cortes
    • Treinamento
    • Desenvolvimento de funcionalidades para atendimento a necessidades específicas (ou não) de clientes
    • Integração a outros sistemas/máquinas
    • Inserção de bibliotecas abertas ou fechadas com materiais do cliente
  1. Por regra não fazemos visitas para demonstração ou suporte técnico por três razões:
    • O baixo custo dos produtos, se comparados a similares com a mesma qualificação, impede esse investimento em equipe externa.
    • Os produtos são extremamente intuitivos. Além de terem sido idealizados para serem simples, dispõem de várias ferramentas que facilitam ainda mais o aprendizado.
    • O Corte Certo, em todas as suas séries, dispõe de cópia de demonstração bastante completa, que permite a comprovação da capacidade de cálculo e conhecimento das principais funcionalidades.
  2. O interessado pelo produto pode ainda solicitar por e-mail cálculos que demonstrem funcionalidades que estejam inativas na cópia demo, e apoio remoto. Apesar dessa posição, como estratégia de comercialização, nada impede que distribuidores desses produtos se disponham a visitas, pagas ou não.
  3.  O prazo de entrega pela internet (ou seja, a ativação completa do produto), em condições normais, é de um dia útil, no calendário e fuso horário do Brasil
  1. Durante trinta (30) dias após a data de aquisição de cada licença, o licenciador Corte Certo proverá, sem custos adicionais, quaisquer novas versões da série adquirida do programa, bem como os serviços regulares de suporte a distância (telefone ou e-mail, em horário comercial, de segunda a sexta-feira). Os custos da ligação telefônica correm por conta do cliente, mas a Dimensions oferece a alternativa da comunicação online, via Skype.
    1. Após esse período inicial, os serviços serão preservados através de adesão ao Plano de Atualizações e Suporte (PAS), mediante o pagamento de taxa especificada.
      1. O Plano oferece: a) atendimento telefônico pelo Suporte Técnico, com possibilidade de acesso direto ao computador do cliente para a resolução de problemas; b) envio imediato de todas as atualizações, logo após a sua aprovação técnica.
      2. A manutenção da licença atualizada garante também desconto de 20% na aquisição de uma segunda licença da mesma série, como se a estivesse comprando em pacote com a primeira.
      3. O plano NÃO oferece: a) gratuidade em caso de acidente que leve a perda de autorização; b) serviços de customização do programa, ou intervenções no programa, de quaisquer espécies; c) visitas.
    2. A não adesão ao Plano, ou a sua não renovação, implica na suspensão imediata do envio de atualizações. Serviços de suporte remoto serão limitados e sempre sujeitos a pagamento de taxa, conforme tabela de preços vigente na época. Para essas versões o atendimento será sempre realizado via e-mail.
      1. A limitação se dá porque os técnicos do atendimento estão capacitados apenas a responder pela performance das últimas versões do programa - é impossível a eles manter conhecimentos detalhados sobre cada uma das incontáveis versões já lançadas ao longo dos últimos anos. O atendimento por e-mail, permite o repasse da questão a técnico que esteja mais capacitado a respondê-la.
    3. Clientes que tenham inicialmente optado pela não adesão ao plano, mas que, meses depois, ao entender melhor a sua importância queiram aderir, deverão pagar as parcelas atrasadas, com acréscimo de 10%.
      1. O prazo limite para a adesão tardia é de 2 anos a partir da data da aquisição. Depois disso, o cliente perde o direito da aquisição de nova licença através do sistema de “atualização”, ou seja, substituição de licença antiga por outra atualizada.

Obs: apenas para as séries Standard e Plus do Corte Certo há planos de manutenção. Para a série Mini, assim como para os outros softwares comercializados pela Dimensions, não há um plano similar e, portanto, não há mensalidades. Durante o primeiro mês, atualizações e suporte são gratuitos.

  1. No caso de perda da autorização por acidente (Exemplos: queima de HD, mudança do sistema operacional, troca de processador, troca de memória, roubo do computador, queda de energia, imperícia do usuário, etc) o programa poderá ser reativado através do recolhimento de uma taxa e o preenchimento de um formulário apropriado para pré-aprovação. Esse serviço de documentação e controle não está incluído entre os previstos para o Plano de Manutenção.
    1. A aquisição de atualização da licença ou migração para uma série mais completa implica na substituição da cópia atualizada (ou seja, ela não poderá ser mantida em funcionamento simultaneamente com a nova). Isso justifica o valor mais reduzido para a atualização.
    2. Os programas são protegidos contra cópia não autorizada por sistema próprio de instalação. Cada senha é individual e funciona para apenas um computador, impedindo que um sistema já instalado possa ser copiado e executado em outra máquina. Esse sistema permite identificar cópias ilegais.
    3. Os programas dispõem também de um sistema próprio capaz de gerar um código que comprova a sua desativação. Esse procedimento deve ser realizado sempre que o cliente deseje trocar o programa de máquina, substituir/reinstalar o Windows, formatar o disco rígido, etc. Os dados registrados pelo cliente podem ser preservados.
    4. Uma ferramenta especial no botão de Ajuda permite a transferência da ativação para outro computador sem necessidade da ajuda do fornecedor.