« Voltar ao Índice do Glossário

Função do Corte Certo para buscar o melhor resultado em aproveitamento de matéria-prima, baseado no menor custo unitário.

Suponha que a dúvida seja a quantidade ideal para cortar entre 200 e 250 unidades de móveis produzidos em série: qual o melhor lote entre esses dois números, tendo em conta o bom aproveitamento das chapas disponíveis, mesmo quando o móvel exija uma combinação de diferentes materiais? O software calcula automaticamente uma a uma de cada possibilidade (para 200 unidades, para 201, para 202, etc., até 250) e mostra as melhores opções baseadas no custo unitário, calculado através de valores por metro quadrado das chapas utilizadas.

Cálculos como esses podem até levar à conclusão de que o ideal é cortar um pouco acima (ou abaixo) da faixa quantitativa previamente estabelecida.

Essa ferramenta é especialmente útil para o momento de definição de um novo móvel. Quando o designer se envolve na criação de um novo item, geralmente tem como prioridade atributos como conforto, estética e, em muitos casos, também o preço final ao consumidor. Na formação desse preço está naturalmente o consumo de chapas e, para essa otimização de plano de corte, normalmente se considera o aproveitamento para uma única unidade. É um erro, porque o lote de produção nunca é formado por um único móvel. Dependendo da situação, pode ser que se o móvel tiver suas medidas ligeiramente alteradas, poderá haver menor desperdício ao longo de toda a vida do novo produto.

« Voltar ao Índice do Glossário