« Voltar ao Índice do Glossário

A sobra da chapa com dimensões aproveitáveis, que poderá receber uma etiqueta identificadora e ser estocada para futuro uso. O Corte Certo possibilita a inclusão no cálculo dos retalhos existentes em estoque a um simples clique.

Qual o tamanho mínimo de um retalho?

O tamanho mínimo aproveitável do retalho pode variar muito de empresa para empresa. Guardar pedaços muito pequenos que, pelo perfil dos clientes da empresa, nunca foram usados, é contraproducente: em vez de trazerem lucro, ficarão ocupando espaço em estoque e dificultando a localização dos retalhos que realmente interessam.

Para alguns tipos de produção, especialmente a seriada, nenhum tipo de sobra é guardado. O que não é peça é desperdício.

Mas mesmo nesses casos, e mesmo com o custo da administração do estoque de retalhos, há indústrias que fazem as contas e concluem que é vantajoso separar pedaços maiores para revendê-los a pequenos marceneiros por preços mais interessantes que os obtidos no simples repasse do material como sucata.

Para definir no Corte Certo quais são os tamanhos mínimos dos retalhos para futuro aproveitamento, clique em Materiais e, com o material selecionado, siga o caminho:Propriedades/Propriedades Físicas. Em Gera retalho?, indique as medidas desejadas. Geralmente as indicações são por altura e largura, mas também há a opção da configuração por m².

Retalho

Como cadastrar retalhos previamente existentes?

Clique em Retalhos (há um botão logo após clicar em Materiais e outro, interno, na janela de Propriedades físicas, como indica a ilustração anterior) e entre com os dados solicitados na planilha. O Corte Certo começará a usá-los.

 

Como fazer o Corte Certo usar os retalhos existentes, antes das chapas?

A tendência do Corte Certo ao calcular os planos de corte é usar mais as chapas que os retalhos. Por simples razões matemáticas. Ao buscar a otimização dos cortes, ou seja, o melhor encaixe de peças na matéria prima com o menor desperdício possível, é natural que isso seja melhor obtido em áreas maiores. E assim, nos cálculos, os retalhos são deixados de lado, a não ser em poucos casos.

Como mudar isso? Como forçar a desova desses retalhos em estoque, mesmo que com um pouco mais de perda?

Simples: informe ao Corte Certo o que você deseja. Vá a Cálculo>Configuração>Matéria Prima e marque a opção Retalhos, para que o programa passe a usar também esse registro. Se preferir priorizá-lo, marque também Usar primeiro os retalhos, depois as chapas.

retalho 2

Como saber que um retalho foi utilizado?

Na tela de visualização, que se abre após o cálculo, os retalhos utilizados para o projeto são destacados no Menu de miniaturas, com um fundo na cor laranja, como mostra o exemplo abaixo:

retalho 3

Essa mesma cor de fundo distingue os retalhos na janela de Visão Geral:

retalho 4

Onde mais aparecem os retalhos?

O relatório estatístico indica quais retalhos foram utilizados e quanto eles representam no aproveitamento geral (no exemplo abaixo, os 18 retalhos com as mesmas dimensões, representaram 1% do aproveitamento geral).

retalho 5

Essas informações aparecem também no plano de corte impresso:

retalho 6

 

« Voltar ao Índice do Glossário